Pular para o conteúdo
Início » Chá de Erva-doce: Receita, Benefícios e Contraindicações

Chá de Erva-doce: Receita, Benefícios e Contraindicações

O chá de erva-doce é uma bebida milenar apreciada em muitas culturas ao redor do mundo, conhecida por suas propriedades medicinais. Suas características únicas o tornam uma escolha popular para aliviar desconfortos digestivos, combater sintomas de gripes e resfriados, e até mesmo auxiliar na perda de peso. Neste artigo, exploraremos os benefícios, a receita e as contraindicações do chá de erva-doce.

Chá de erva-doce
Chá de Erva-doce: Receita, Benefícios e Contraindicações

Benefícios do Chá de Erva-doce

  1. Combate à Tosse

O chá de erva-doce se destaca por sua capacidade de aliviar a tosse. Graças às propriedades anti-inflamatórias, broncodilatadoras e expectorantes, esta infusão é uma aliada eficaz contra a tosse associada a gripes, resfriados e bronquites.

  1. Alívio das Cólicas

As cólicas intestinais e menstruais podem ser intensamente desconfortáveis, mas o chá de erva-doce oferece um alívio natural. Isso se deve aos compostos bioativos, como anetol, estragol, eugenol e linalol, que possuem propriedades analgésicas e anti-inflamatórias.

  1. Melhora da Digestão

A ação carminativa e digestiva do chá de erva-doce é resultado do ácido málico presente na planta. Isso não apenas melhora a digestão, mas também ajuda a combater enjoos. Veja mais sobre como melhorar a digestão.

  1. Favorecimento da Perda de Peso

Se você está em busca de uma maneira natural de perder peso, o chá de erva-doce pode ser uma opção. Sua ação diurética estimula a eliminação de líquidos corporais em excesso, reduzindo o inchaço abdominal e favorecendo a perda de peso. No entanto, é importante ressaltar que o consumo deve ser complementado com uma dieta equilibrada e atividade física regular. Veja aqui O caminho para uma perda de peso Saudável

  1. Combate ao Mau Hálito

As propriedades antibacterianas do chá de erva-doce o tornam eficaz na luta contra as bactérias responsáveis pelo mau hálito. Além disso, seu sabor refrescante contribui para a redução do odor desagradável.

  1. Alívio dos Sintomas da Menopausa

O anetol, um composto aromático presente no chá de erva-doce, possui ação estrogênica. Isso pode ajudar a aliviar sintomas da menopausa, como ondas de calor e alterações de humor.

  1. Redução da Dor de Cabeça

Graças às propriedades analgésicas e anti-inflamatórias, o chá de erva-doce pode ser útil no alívio da dor de cabeça. Além disso, o anetol presente na erva-doce ajuda a regular a dopamina, um neurotransmissor relacionado a crises de enxaqueca.

  1. Combate à Prisão de Ventre

Para aqueles que sofrem com prisão de ventre, o chá de erva-doce pode ser uma solução natural. Com compostos fitoterápicos com ação laxativa, ele ajuda a facilitar a evacuação. Veja mais sobre como combater a prisão de ventre.

Chá de Erva-doce e Pressão Alta

O chá de erva-doce contém luteolina, anetol e cumarina, compostos com ação anti-inflamatória e antioxidante. Embora existam indícios de que esses componentes possam melhorar a saúde das artérias e contribuir para a prevenção da pressão alta, é importante destacar que mais pesquisas são necessárias para confirmar esses benefícios.

Preparação do Chá de Erva-doce

A preparação do chá de erva-doce é simples e requer apenas dois ingredientes:

Ingredientes:

  • 1 colher (de café) de sementes de erva-doce seca.
  • 1 xícara (de chá) de água.

Modo de Preparo:

  • Amasse ou esmague as sementes de erva-doce.
  • Em uma panela, leve a água ao fogo até ferver.
  • Após desligar o fogo, adicione as sementes de erva-doce, tampe a panela e deixe descansar por 5 minutos.
  • Coe o chá e beba ainda morno.

Recomenda-se consumir até 3 xícaras (de chá) de chá de erva-doce por dia, por até 2 semanas consecutivas.

Veja também Receita de Chá de Anis-estrelado

Veja também Receita de Chá de Hortelã

Possíveis Efeitos Colaterais

Embora seja considerado seguro quando consumido com moderação, o chá de erva-doce pode causar efeitos colaterais quando ingerido em excesso, como náuseas, sonolência, vômitos e reações alérgicas na pele ou respiratórias. Em casos mais graves, pode levar à paralisia muscular, convulsões e coma.

Contraindicações

O chá de erva-doce não é recomendado para crianças com menos de 12 anos e pessoas com alergia ao anis ou ao composto anetol. Além disso, é contraindicado para mulheres grávidas ou em período de amamentação.

Em resumo, o chá de erva-doce é uma bebida versátil com uma ampla gama de benefícios para a saúde, desde o alívio de sintomas comuns até o suporte à saúde cardiovascular. No entanto, é importante consumi-lo com moderação e estar ciente das contraindicações para garantir uma experiência segura e saudável. Sempre consulte um profissional de saúde antes de adicionar qualquer novo componente à sua dieta, especialmente se tiver condições médicas preexistentes.

Fontes:

  • https://www.tuasaude.com/cha-de-erva-doce/
Whatsapp Zenkkô Juice
Conheça o método para Tratamento Natural do Intestino

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *