Pular para o conteúdo
Início » Azia: Como se Livrar da Queimação

Azia: Como se Livrar da Queimação

A azia, conhecida clinicamente como pirose, é um sintoma desconfortável que afeta muitas pessoas em algum momento de suas vidas. Embora não seja uma doença em si, a azia pode ser um sinal de problemas no trato gastrointestinal e é caracterizada por uma sensação de queimação na região do esôfago, frequentemente acompanhada por dor ou incômodo. Além disso, a azia pode deixar um gosto ácido ou amargo na boca, tornando-a ainda mais desagradável.

Como aliviar a Azia e Queimação
Azia: Como se Livrar da Queimação

Causas da Azia

A principal causa da azia é o refluxo do ácido gástrico, que volta do estômago em direção ao esôfago. Isso ocorre quando o esfíncter gastroesofágico, uma espécie de válvula que separa o estômago do esôfago, não funciona adequadamente, permitindo que o ácido retorne à parte superior do sistema digestivo.

Além disso, alguns fatores podem aumentar o risco de desenvolver azia. Uma alimentação volumosa e rica em gordura, por exemplo, pode promover o refluxo ácido. A azia também pode ser um sintoma de doenças gastrointestinais, como o refluxo gastroesofágico.

Alimentos que Provocam ou Agravam a Azia

Certos alimentos são conhecidos por desencadear ou agravar os sintomas de azia. Estes incluem:

  • Abóbora
  • Pepino
  • Picles
  • Pimenta
  • Pimentão
  • Produtos derivados do trigo
  • Cebola
  • Rabanete
  • Peixes oleosos, como salmão ou sardinha
  • Queijo
  • Alimentos fritos
  • Alimentos industrializados
  • Refrigerantes
  • Cafeína
  • Chocolate
  • Melancia
  • Suco de frutas ácidas, como abacaxi, acerola, ameixa, amora, caju, laranja, limão, morango, pêssego, tangerina e uva
  • Leite
  • Vinagre
  • Tabaco

Evitar ou reduzir o consumo desses alimentos pode ajudar a aliviar os sintomas da azia.

Azia e Gravidez

A azia é um sintoma comum durante a gravidez, afetando um grande número de mulheres. Isso ocorre devido às alterações hormonais e ao crescimento do feto, que exerce pressão sobre o estômago. Esses fatores podem afetar o funcionamento do esfíncter gastroesofágico, permitindo o refluxo ácido. Embora complicações graves sejam raras, é importante que as mulheres grávidas consultem um médico antes de tomar qualquer medicação para aliviar a queimação, a fim de garantir a segurança do bebê.

Algumas dicas para lidar com a azia durante a gravidez incluem:

  • Realizar pequenas refeições várias vezes ao dia.
  • Mastigar bem os alimentos.
  • Evitar alimentos gordurosos, muito doces e temperos fortes e picantes.
  • Evitar cafeína e refrigerantes.
  • Beber bastante água entre as refeições.
  • Não deitar imediatamente após as refeições.

Como Aliviar a Azia e a Queimação

Existem várias maneiras de aliviar os sintomas da azia, desde remédios caseiros até mudanças de hábitos mais profundas. Aqui estão algumas dicas:

  • Suco Fermentado Zenkkô: Beber 30ml deste suco fermentado ao dia vai não só aliviar a queimação como também vai fazer com que você nunca mais se preocupe com ela.

CONHEÇA MELHOR ESTE SUCO PODEROSO!

Conheça Zenkkô Juice Aqui
  • Remédios Caseiros: Beber água gelada, comer maçã ou pera sem casca e tomar chá de funcho ou gengibre podem proporcionar alívio temporário da azia.
  • Dieta: A dieta desempenha um papel crucial no tratamento da azia. É aconselhável fazer pequenas refeições ao longo do dia em vez de uma grande. Evite alimentos gordurosos, fritos ou picantes, refrigerantes, bebidas alcoólicas, café, chocolate, chá preto, caldos e molhos.
  • Mudanças de Hábitos: Parar de fumar, manter um peso saudável, evitar exercícios isométricos e situações estressantes também podem ajudar a reduzir a queimação.
  • Posição ao Dormir: Se você quiser dormir após uma refeição, elevar a cabeceira da cama e deitar do lado esquerdo pode ajudar a prevenir que a queimação e o desconforto subam até a garganta.
  • Medicamentos: Em casos graves, seu médico pode prescrever medicamentos como antiácidos, inibidores da produção de ácido, aceleradores do esvaziamento gástrico e protetores gástricos. No entanto, é importante consultar um especialista antes de iniciar qualquer tratamento medicamentoso.

Em resumo, a azia pode ser um sintoma desconfortável, mas com algumas mudanças de estilo de vida e remédios caseiros, é possível aliviar seus sintomas. No entanto, é fundamental buscar orientação médica, especialmente se a queimação for persistente ou grave, para identificar a causa subjacente e receber o tratamento adequado. Lembre-se de que cada pessoa é única, e o que funciona para uma pessoa pode não ser eficaz para outra. Consulte sempre um profissional de saúde para orientações personalizadas.

Fontes: Drauzio Varella, Ministério da Saúde

15 comentários em “Azia: Como se Livrar da Queimação”

  1. Pingback: Incêndio no Havaí marca uma tragédia histórica com mais de 100 Mortes - Boa Notícia

  2. Pingback: Palmeiras vs Grêmio hoje (10/05): Onde assistir, horário e prováveis escalações - Boa Notícia

  3. Pingback: Comédia Amazon Prime 2023: Os 10 Melhores Filmes para Assistir! - Boa Notícia

  4. Pingback: Milan x Inter de Milão (10/05): Onde assistir, horário e escalações - Boa Notícia

  5. Pingback: 10 Clássicos dos Filmes de Comédia que Você Precisa Assistir - Boa Notícia

  6. Pingback: Filmes para assistir hoje: 10 clássicos do cinema que você precisa assistir - Boa Notícia

  7. Pingback: Furacão Hilary se Forma na Costa do Pacífico Mexicano e Pode Levar Chuvas para o Sudoeste dos EUA - Boa Notícia

  8. Pingback: Manchester City Supera Sevilla nos Pênaltis e Conquista a Supercopa da UEFA - Boa Notícia

  9. Pingback: Quais Times Vão para a Final da Copa do Brasil? Opiniões dos Repórteres - Boa Notícia

  10. Pingback: Como investir em ações: Guia para iniciantes - Boa Notícia

  11. Pingback: Os melhores filmes de Terror Prime Video: Análise crítica e recomendações para os fãs - Boa Notícia

  12. Pingback: Esportes para Mulheres: desafios enfrentados e progressos alcançados - Boa Notícia

  13. Pingback: Os 5 Melhores Drones Profissionais com Melhor Custo-Benefício - Boa Notícia

  14. Pingback: EresFitness: Aplicativo para uma Vida Fitness Acessível e Personalizada - Boa Notícia

  15. Pingback: Retocolite Ulcerativa: O que é, Causas, Sintomas e Tratamento - Reino Gastro

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *